Ações

Antes de investir na bolsa de valores, você deve compreender que o capital social de uma companhia é divido em ações e que, ao comprar uma ação, você se torna dono de uma pequena fração de cada prédio, automóvel e equipamento que integra o patrimônio de determinada companhia.
Quando você compra uma ação da Petrobras, por exemplo, você está comprando uma parte mínima dessa companhia e se tornando um de seus acionistas, passando a ter o direito a uma pequena participação no lucro gerado em suas operações.
E, quanto mais ações você possuir, maior será a sua participação.
Tendo isso em consideração, é preciso registrar que as ações negociadas na bolsa brasileira são identificadas por um código, que permite identificar qual é a empresa que está sendo negociada e se uma ação é ordinária ou preferencial. 
Cada código, com efeito, é formado por 4 letras e por 1 número:
AAAA1
As letras permitem identificar a que empresa se refere uma ação e os números, por sua vez, permitem identificar se uma ação é ordinária (sempre identificadas pelo número “3”) ou preferencial (geralmente identificadas pelo número 4).
Como exemplos, posso citar:
ABEV3 – Ação ordinária da Ambev (ON)
BRSR3 – Ação ordinária do Banrisul (ON)
BRSR5 – Ação preferencial do Banrisul (PNA)
BRSR6 – Ação preferencial do Banrisul (PNB)
PETR3 – Ação ordinária da Petrobras (ON)
PETR4 – Ação preferencial da Petrobras (PN)
Todas as ações ordinárias, por conseguinte, são identificadas pelo número “3”, e sua principal característica está no direito ao voto que é conferido a seus titulares. Ou seja, se você possui uma ação ordinária, você pode votar nas assembleias da companhia e influenciar as suas decisões.
As ações preferenciais, por outro lado, são geralmente identificadas pelo número “4”, e, diferentemente das ações ordinárias, não conferem a seus titulares o direito ao voto. Em contrapartida, os titulares de ações preferenciais possuem alguns direitos adicionais, como o direito de receber uma parcela maior dos resultados da companhia, o direito de receber um dividendo mínimo obrigatório e o direito de reaver o capital investido no caso de falência da companhia, antes dos titulares de ações ordinárias.
Além disso, é interessante registrar que algumas empresas também possuem ações preferenciais identificadas pelos números “5” e “6”, que nada mais são do que ações preferenciais emitidas em ofertas diferentes e que, por alguma razão (não me pergunte qual), possuem alguns direitos que as distinguem entre as ações preferenciais.
Por fim, saiba que você também pode encontrar alguns papéis identificados pelo número “11”, os denominados units, que nada mais são que uma combinação de ações ordinárias e preferenciais.
No entanto, são poucas as empresas que possuem units negociados na bolsa brasileira (cerca de dez), e entre elas posso citar o Santander, cujos units são compostos por 1 ação ordinária e 1 ação preferencial (1 SANB11 = 1 SANB3 + 1 SANB4).
Pois bem, para conferir o código das ações negociadas na B3, basta clicar aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *